quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Sua companhia até o fim da eternidade.


Sua companhia até o fim da eternidade
(Lena Oliveira)


Ação ou efeito de misturar
Coisas que não se misturam
Água e óleo se acalmam
Mas não vão se agrupar
Separados pelo destino
Ordem do divino
Se fervem, se queimam
Só borbulha a dor
Ódio desse autor
A essa dúvida maldita:
Ou acatar a linha
Outrora já escrita
Ou cortar essa daninha
E gritar que bem dentro do peito
Eu gostaria de ser seu eleito
Sua companhia até o fim da eternidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário